domingo, 19 de junho de 2011

Incluir é preciso, mas é preciso estar preparado para isso.



Este ano o nosso maravilhoso ministro da educação Fernando Haddad e seu ministério, sim o mesmo do ENEM no governo Lula. Mostrou mais uma vez a sua incompetência ao anunciar o fechamento de duas instituições importantíssimas, o INES -  Instituto Nacional de Educação de Surdos e o Instituto Benjamin Constant, escolas voltadas a educação de surdos e cegos. Tudo isso com o pretexto de que a criança com necessidades especiais precisam estar incluídas na escola regular. OK! Concordo e sou extramente a favor com a inclusão de todos.

INES



IBC


Mas o que me preocupa é o seguinte: A escola regular está preparado para receber todos os alunos?
A resposta está na nossa cara e é não. A escola brasileira é despreparada para o básico, quem dirá para receber um aluno cego. Será que as pessoas sabem como é difícil conseguir uma impressora de braille no nosso país.
Aqui estou relatando só a situação do surdo e do cego, imagine a situação das crianças que tem algum tipo de transtorno mental, ou ainda algum tipo de paralisia, os professores não estão preparados para receber em sala de aula alunos regulares, mais alunos surdos, alunos cegos e ainda alunos com paralisias ou transtornos mentais. Está semana fiquei sabendo o caso de uma professora que na aula de educação física, ao receber dois alunos cadeirantes, não soube o que fazer com eles, pois os outros é muito fácil, meninas jogam handebol e meninos futebol (isso me lembra outro assunto que é a criação de perfis), mas e eles o que fazer. A atitude dela foi horrível, pediu aos alunos que fizessem um relatório do que os outros faziam. Imagine você preso a uma cadeira louco para jogar com as outras crianças e sendo obrigado a anotar a alegria dos outros.
Quero a inclusão sim, mas antes de fechar o que está dando certo, deixa os projetos darem certo, e ai sim se for o caso acabem com o que já deu certo. Abaixo segue o link para uma notícia de uma lei que obriga as escolas se adaptarem, mas não diz como será feito, pois a escola não se adaptou ainda nem a troca de nome de série para ano, quem dirá estas grandes adaptações.

Libras e Braile poderão entrar na grade curricular em escolas

Reações:

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget