sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Sem rótulos, mas com muito carinho...



Nós começamos com o seguinte dialogo:
- Eu não quero namorar...
- Nem eu...
- Então vamos ficar juntos sem rótulos, ok?

No nosso primeiro passeio juntos fomos ao cinema, foi tudo muito engraçado.
Ele me encontrou nervoso, meio sem saber o que dizer. Apesar de nos falarmos todos os dias. Me fez algumas perguntas pra quebrar o gelo. Falou que a calça dele era feia. Enfim ambos não sabíamos muito como agir. Como ele gostava de dizer éramos um corpo novo para ambos. Ele é bem diferente dos meus poucos relacionamentos. E ele disse que eu também sou diferente das pessoas com quem se envolveu.
Tomamos uma bebida e fomos à sala de cinema. Nos sentamos e assistimos todos os trailers e fizemos diversos comentários como se fossemos dois bons amigos no cinema. Foi então que começou o filme e percebemos que era o filme errado. Caímos na gargalhada e saímos da sala, mas foi bom, pois quebrou todo o gelo.
Então na sala certa, nos sentamos e começamos a conversar sobre a gente antes de o filme começar. E então entram exatamente oito crianças e sentam na nossa frente, aquilo nos travou completamente. Não fazíamos nada, mas queríamos conversar e elas ficavam nos olhando. O filme começou e depois de um tempo ele pegou minha mão e ficamos como um casalzinho ele no meu ombro e eu no dele. Ate que ele me deu o primeiro beijo e olhou para frente como se não tivesse acontecido nada com cara de sonso.
Saímos do filme e fomos a um parque de diversões e conversamos longamente sobre a gente. Aproveitamos então que havia um lugar mais reservado e ficamos juntinhos como dois pombinhos e ele me deu um beijo que fez ir ao céu.
Infelizmente tivemos que ir embora, nos despedimos com gostinho de quero mais.

No dia seguinte recebi um sms, ‘você vai me beijar hoje?’. E desde então como trabalhamos bem pertinho, sempre damos um jeitinho de ficarmos um tempinho juntos.

Acho que começa uma história que vai dar certo.

“Quando a gente gosta, vale a pena qualquer coisa
Vale tudo num cantinho pra ficar


(Trecho da canção UM SONHO A DOIS)

Reações:

6 comentários:

Adorei a história! O gostinho de querer mais é contagioso (neste caso, querer que dure para sempre e... querer ler mais). Achei interessante (entre outras coisas) a declaração inicial "eu não quero namorar". Essa coisa de não premeditar nada e deixar a vida fluir, ajuda muito. Eu acho que vários namorados heterossexuais permanecem juntos, só porque declararam solenemente o namoro (diante da família, dos amigos, da sociedade, etc.). Ainda bem que esta rotina "social" não nos aprisiona. Enfim, como falei: faço votos, torço e rezo que dê muito certo entre vocês.

Grande abraço!

Que bacana...
naturalmente as coisas se encaixam.
Boa sorte!

A fila anda JJ.
Siga em frente e aproveite.
Bjao

Que bacana...
naturalmente as coisas se encaixam.
Boa sorte! [2]

beijão

Gostei do "vamos ficar juntos sem rótulos", belo texto!!!

Deve ser legal esse tipo de relacionamento... Pensando seriamente em adotar ^^ haha

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget