sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Protesto (MundoMais)


SÃO PAULO - Um grupo de manifestantes organizado por meio do facebook realizou entre o fim da noite deste sábado (8) e a madrugada deste domingo (9) uma manifestação contra a agressão sofrida por um casal gay na região da Avenida Paulista, em São Paulo, no dia 1º.
Com velas nas mãos, eles reuniram-se na esquina das ruas Fernando de Albuquerque e Bela Cintra, onde o analista fiscal Marcos Paulo Villa, de 32 anos, e o namorado dele, um coordenador financeiro de 30 anos que preferiu não se identificar, foram espancados.
O coordenador financeiro teve a perna quebrada e foi internado com traumatismo craniano; ele teve alta nesta terça-feira (11). Segundo a designer Cristina Naumovs, uma das organizadoras do ato, a manifestação ocorreu pela sensação de impunidade e vulnerabilidade a que não só os gays estão expostos na região da Avenida Paulista. “Você pode ser agredido, ter um traumatismo craniano e ninguém faz nada. Essa é a sensação. Você pode levar uma surra no meio da rua e ninguém faz nada, ninguém vai chamar a polícia”, afirma.


Fonte

Reações:

1 comentários:

Achei esse fato um absurdo.
Espero que não haja impunidade...
Abraços

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget