sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Séries Nostálgicas - Pushing Daisies e Studio 60

Tenho um gosto para séries um tanto quanto exótico, com o tempo vou dividir com vocês este gosto, mas um dia destes qualquer estava assistindo a um filme do MARMADUKE, aquele cachorro do tamanho de m cavalo, enfim e vi que no elenco do filme estava o ator Lee Pace. Foi então que lembrei-me da série Pushing Daisies.
Era uma história leve e curiosa, não tinha grandes pretensões. Era um conto de amor em que não dava para imaginar como chegariam ao final Feliz, girava em torno de NED (Lee Pace), um garoto que descobriu que possuia o poder de ressuscitar os mortos com um toque, ok, isso seria maravilhoso, se com o segundo toque ele não voltasse a tirar a vida do ressuscitado, pois é, com um toque devolvia a vida, com o outro na mesma pessoa e ela morria.
Quando era jovem seu cão morreu e ele o ressuscitou e isso fez com que ele não pudesse mais tocar no seu cão, e ele aprendeu a viver com isso. Mas um dia quem morre é seu grande amor de infância Chuck (é uma mulher), e ele a ressuscita só que com isso também não pode mais tocar nela, e eles inventam diversas formas de se aproximarem, utilizando geringonças. Ele tem o seu amor, mas não pode tocar nele. É lindo o amor dos dois.
Aproveitando-se de seus dons ele trabalha como investigador de assassinatos, toca no morto, pergunta quem o matou e em seguida toca de novo para que morra novamente.








Outro momento foi escutando rádio, ao trocar a rádio escutei a música do Queen, Under pressure. Pronto a primeira coisa que me veio a cabeça foi Studio 60 on the Sunset Strip, série com o ator Matthew Perry e com a atriz Amanda Peet, que foi prematuramente cancelada e nos deixou com gostinho de quero mais. Era uma história adulta, sobre a produção de um programa e seus bastidores, a trama parecia comum, mas era muito rica e cheia de dialogos inteligentes, faz falta.






Fica a dica...


Reações:

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget