sexta-feira, 29 de julho de 2011

Dois idênticos ou dois opostos? Qual é a escolha?

O que você faria se pudesse escolher? Dois idênticos ou dois opostos? O que, em sua opinião, funciona melhor? O que dá mais certo em uma relação de amor?


Quando colocado dessa forma, eu diria a você que não há resposta certa quando a questão é relacionamento. Há, sim, o que funciona para o casal. Mas por que não refletir sobre essa que é uma questão importante? Então vamos lá!


Quando escolhemos outro que tem o nosso mesmo padrão de comportamento, as chances de a relação dar certo é maior. Gostamos de coisas parecidas. Fazemos os mesmos programas. Respeitamos as mesmas crenças. Somos, afinal, da mesma espécie. O problema aqui está no ter de olhar todo o tempo para o ESPELHO, e isso, por vezes, é insuportável. Como diz uma amiga: "Passar o tempo pisando em ovos é um desgaste só...". Então, se essa for sua escolha, atenção: melhor mesmo é se expressar. Falar todo o tempo como se sente, como é tocada pelo que o outro faz; e ele, como idêntico, irá entender. Então, a relação tende a ser um mar de rosas...


Na contramão, se decidirmos escolher outro — oposto — atenção: As chances de crescimento, aprendizado e evolução são imensas. Até porque trazemos para nossa vida tudo o que não temos, desconhecemos. Então, VIVA! A atração é quase fatal. Nos encantamos num PRIMEIRO MOMENTO. E é bom que isso fique claro: NUM PRIMEIRO MOMENTO. Sim, porque, no segundo momento começam as cobranças. Se gostamos de dançar e o outro não, ele é um chato. Se gostamos de ouvir música com som alto e outro não, ele é insuportável, e por aí vai... Então, se nos pegamos aos detalhes, imagine o que será a relação a médio e longo prazo! Agora, então, a questão é terminar? Não. A questão é aprender a negociar. Conceder. Sustentar suas escolhas com o que tem de melhor.
O relacionar-se afinal é uma arte. E o respeito à diversidade e ao "jeitão" do outro é a única forma de evoluir. Pecamos quando imaginamos a relação como uma simbiose, uma fusão, e isso, saibam, MATA. Acaba com o amor, com a possibilidade de dar certo.
O que você pensa a respeito? Como tem sido suas relações? O que te atrai mais — OPOSTOS?
Matéria retirada do Site Yahoo

Reações:

3 comentários:

"Na contramão, se decidirmos escolher outro — oposto — atenção: As chances de crescimento, aprendizado e evolução são imensas. Até porque trazemos para nossa vida tudo o que não temos, desconhecemos. Então, VIVA! A atração é quase fatal."

Minha experiência caminhou por aí e deu certo ... São 37 anos de vida em comum ... portanto vivas aos diferentes e opostos.

bjão

Paulo tá em todas, sabiamente...

Ainda bem que na vida não existem dois indivíduos idênticos. Eu, com certeza, não suportaria um relacionamento com o cara igual a mim. Acredito que as semelhanças e as diferenças (as duas coisas em uma só pessoa) NA MEDIDA CERTA é o segredo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget