quarta-feira, 15 de junho de 2011

Minha Historia - Inicio da Adultiscência

No último post sobre minha vida pessoal terminei falando que eu havia conseguido um emprego numa loja famosa aqui no Rio. Enfim comecei a trabalhar lá e ampliei meus horizontes quanto a vida, antes apesar de sempre ter trabalhado, não trabalhava com muita gente, e sempre fui muito caseiro, então não possuía muitas amizades.Eu só tinha as minhas amigas de infância Fabiana e Gisele, que eram muito parecidas comigo.
Lá no novo emprego fiz várias amizades e conheci diversas pessoas, mas isso não fez com que eu passasse a sair mais ou algo do tipo. Quando comecei a trabalhar lá minha rotina era trabalhar de segunda a sábado lá e domingo trabalhar com meu pai.  Meu lazer era jogar Final Fantasy nos horários vagos.



Continuei com minha rotina, no trabalho me esforçava, pois era temporário e precisava muito trabalhar, hoje acho que me entreguei demais. Lá na loja eu me dava bem com o gerente que assim que fui contratado saiu da loja, o gerente seguinte também gostava de mim, mas meu guardião lá era o subgerente Fábio, que é um gay com uma perna fora do armário, lá diziam que ele cuidava de mim e eu dele porquê nos amávamos, isso na zoação é claro. De fato ele gostava muito de mim e eu dele e nos entendíamos bem.
Lá nos sofríamos tanto que formamos uma família. Chegávamos juntos as 08:00 e saiamos as 20:00.
E foi assim sem nenhum grande acontecimento importante para mim até mais ou menos quando eu tinha uns 7 meses de loja, quando entrou o José, este rapaz de acordo com ele conhecia meu subgerente de antes e me contou que já haviam tido algo, mas não entrava em detalhes sobre o que. Então começamos a ficar amigos, mas da minha parte não havia nenhum interesse, mas confesso que queria saber o que o Fábio teve com ele. Fiquei nesta curiosidade ouvindo cantadas dele até o dia em que me disse que o Fábio pediu para ele não falar comigo e que ele seria desligado no fim do mês por vontade própria.



Nisso o Fábio começou a me chamar para ir a casa dele, comer pizza com ele, sempre com a desculpa de que queria me ensinar coisas relacionadas ao trabalho. Eu nesta época me interessava bastante por arrumação de lojas. Eu sempre achei que o interesse dele era apenas este, não acredito que tivesse interesse em mim. Até porque nesta época tinha horror que alguém cogitasse que eu fosse gay, então repelia qualquer tipo de comentário do tipo. Tínhamos um assistente de gerência que adorava implicar comigo a respeito da minha sexualidade, mas ali minha preocupação era trabalhar, pois a situação em casa estava começando a ficar ruim (depois conto um paralelo da vida familiar nesta época) e não encontrar um namorado. Até o dia em que começou a trabalhar lá o Henrique o primeiro garoto que eu tive certeza ESTAVA APAIXONADO*.



*Amor não fique com ciúmes você é o meu primeiro e único AMOR.

Nesta época adorava a música IRIS, da banda Goo Goo Dolls, nesta versão tem a participação da cantora Avril Lavigne




Reações:

1 comentários:

muito legal poder conhecer um pouco sobre a vida e as emoções das pessoas ... gosto disto ... amei o relato ... franco, sincero e transparente ...

bjão querido

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget